Social Icons

sexta-feira, 28 de março de 2014

AMOR MINEIRINHO


Tão impossível, contagiante
Formosa, deslumbrante
Minhas palavras se cruzam
Emoções se desnundam 
Que aparência luminosa
Um brilho nos olhos
Leve calma no sereno
Sem querer aqui veio
Sem prever, sem receio
Pode sentir o suspirar
Ainda mesmo sem ventar
O melhor é querer amar
No coração reverenciar
Cada abraço, abraçar
Envolver, entrelaçar
Como na minha poesia
Que leve, suave, desliza
Meu carinho acaricia
Vai de mansinho, 
Se aproxima, quietinho.


Autor: Ricardo Andrade