Social Icons

domingo, 10 de agosto de 2014

GRACIOSIDADE














É tão bela, de tal graciosidade 
Que fico admirado em cada vislumbre
No vislumbrar, de tal contemplação
Na sensibilidade de frágil coração
(...)
Ah poesia! se fosse possível,
Apenas com versos, que me aparecem 
Por momentos insignificantes,
Onde a procura pela poesia perfeita 
Parece dissipar-se em ventania rarefeita.

Autor: Ricardo Andrade