Social Icons

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

QUEM DERA...













Sua face apresenta tanta brandura!
Quem dera, em versos de mero poeta, 
Descrever, tal beleza e delicadeza
(...)
Posso dizer, quase perfeita...
Se eu dissesse com veemência 
Na minha convicçâo de perfeição,
Poderia ser um exagero à parte
Mais eu digo, fora do quase, 
É sim perfeita, por toda natureza!

Autor: Ricardo Andrade