Social Icons

terça-feira, 29 de abril de 2014

É DE SEU ZÉ













Segui um percurso qualquer, caminhei indagando:
Que serra é essa, onde a neblina é tão espessa?
Verdes e altas montanhas, expressões naturais
De longe avistei uma linda e rústica fazenda 
Tinha casinha de campo, chaminé e aroma de café

Andava por essa estrada, olhando, observando
À minha volta belos animais e uma fauna perfeita
Cantos de diferentes pássaros se misturavam
Formando, entoando no vento encantadoras melodias 
Muito bem me fazia, absorvendo aquela energia

Por ali, andei, caminhei...fazendinha ia chegando
Veio uma curiosa sensação, aproveitei e por lá passei

Logo na entrada, caboclo, seu branco cavalo adestrava
De onde estava alto falou: Quem é tu cabra?
Respondi no mesmo tom: só um mero viajante caboclo
E que terra é essa onde tanta beleza se apresenta?
O caboclo respondeu ligeiramente: É fazenda de seu Zé!

Me questionei: que simplicidade é dona dessa grandeza?
Não demorei muito para retrucar e pra caboclo perguntei:
Quem é Zé? minha pergunta soando pouco desrespeitosa...

Aquele caboclo era muito sábio, dava pra perceber...
Certa rouquidão na voz, repetiu: É fazenda de seu Zé!
Com cigarro de palha na mão, soprando fumaça
Me convidou pra conhecer toda aquela maravilha

Escolhendo um cavalo pra selar...convite mais que aceito
Foi me mostrando os arredores da fazendinha
Onde no teu silenciar, minhas indagações respondia.

Autor: Ricardo Andrade