Social Icons

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

CONTENDAS

Tão grande foi aquela paixão 
À você, tudo eu entreguei
Durante um ciclo de provação
Barreiras atravessamos...

Sem querer nos entregamos?

Em suas mãos a única chave 
Que só você, conseguiu abrir
Me fiz menino, sem saber, 
Ou conhecer a senda da paixão

O seu calor aqueceu como sol
A sua beleza seduziu como a lua

Não foi simplesmente paixão
Encontros em nossas contendas
Sempre demonstravam algo superior
E digo nesse verso, que foi amor.

Autor: Ricardo Andrade