Social Icons

domingo, 13 de outubro de 2013

ORQUESTRANDO













Conduza a orquestra, 
Maestria e partitura
Retrata na arte a pintura
Ah, poesia expressada
Alcança fora do alcance
Poesia cantada, 
Poesia falada
Verbalizada
Sem ponto
Retire-se "aspas", 
Sem destacar o destaque
A construção edifica
Me de o primeiro verso
Vou versando,
Frase por frase,
Vou compondo 
Pode ser leitura
Pode virar música
Mais agora é poesia
Que se auto-cria
Pela criatividade
Com natural naturalidade
Co-cria, na ascendência
As notas estão a flutar
Em cada pronúncia
Em cada rima,
Maestria e partitura
O condutor conduz 
Nas letras ascende a Luz
E deixe tudo brilhar
São tons de cristal
Do frágil ao complexo 
As palavras se revelam 
Pela fronte da fonte
Jorra, jorra do vaso 
Cachoeira, água forte
Vai formando os riachos
Nas águas doces
Em suave correnteza
Movimentos leves
Ah, serenata poética
A composição composta 
Por instrumetos dadivosos
Por corações amorosos
Harmoniza, harmoniza
Maestria me conceda
O mais perfeito tom 
Pode ser o tom do Amor
Se houver um tom acima 
Me mostre na poesia.

Autor: Ricardo Andrade