Social Icons

terça-feira, 13 de agosto de 2013

HETEROGÊNEO













Muitos ecos soam pra você continuar

Vou entender caso queira parar de sentir
Sem nenhuma obrigação que seja frustante
Faço uma promessa de não enfraquecer

De um princípio aparentemente perfeito,
Surgiu conduzida por tropeços indesejados
Foi só uma fase de abandono, estreiteza...

Esperando na noite plumas acolhedoras
Gerou espasmos de uma paixão distorcida
Acreditar que no comando ficaria confortável
Tomar posse, você fez sua aquisição

Haviam promessas de particularidades,
Poderia ter sido alguma espécie híbrida
O Amor e a paixão são opostos,

Até no hoje, falar de Amor à sua consciência
Seria como remar contra forte correnteza
Latejos corporais é sua iguaria, uma idolatria
Para o sustentáculo de dissabores amargos...

Os complexos invertidos não se misturam
Coração fermentado, conflitos alimentados
Poucas emoções reciprocamente igualadas
Cordialidades por pequenos grãos definhados.

Autor: Ricardo Andrade