Social Icons

domingo, 22 de setembro de 2013

DESCRITIVO














Amor, devo escrevê-lo?
Amor, como descrevê-lo?
Não sei, posso percebê-lo
Sinto, posso recebê-lo
Inefável, incondicionado
Incondicionado, amor, amado?
Amor, devo amar
E a vós louvar
E a vós saudar
Tens a minha gratidão
Ó razão da razão
Tu que tudo sustentas
Tudo alimentas
Tu que sois o sol
Tu que sois a luz
Tu que sois tudo
Estás no coração
Estás na ação
Estás na oração
Prece, ó esplêndido
Vós sois o radioso
Vós sois o Amor
Decifrável indecifrado
Amor que ama
Essência da existência
Ame a todos
Amor que ama
Ame um pouco mais
A vós eu peço
Podes ouvir-me
Em vosso centro
Em vosso ponto
Ame por todo canto
Podes ascencionar?
Expanda, emane
Expanda, ame
Amor singelo
Amor sincero
Sois vós celeste
Seria coração
Coração sem amar?
Coração abra
Derramas taça
Tal licor doce
Para que ames
Todos corações
E amor proclames
Sem níveis 
Sem graus
Não tens escala
É só Amor
Na linha perfeita
Amor igual
Amor sem medida
Sem métricas
Ou cálculos específicos
Amor na igualdade
É o sol, é o mar
Sois todos os astros
Sois todos em todos
Sois vós Grande Amor.


Autor: Ricardo Andrade