Social Icons

quinta-feira, 11 de julho de 2013

OBJETO DETERIORADO













Até agora eu estava bem
Foi só você reaparecer 
Para trazer esse ensurdecer
Me confesse os seus pecados

Posso cair com você de novo
Vai me rotular como um produto?
Essa barra está vencida
Fora da sua órbita, clame o meu nome

Vou ensaiar seus artigos
Estudar todos os seus passos
Posso entender sobre isso
Mais não ficarei submisso

Depois de tantas faltas errantes
Quer se redimir da sua sombra?
Como aceitar, isso é uma desonra
Fazer retornar não vai adiantar

Retire essa emoção grudada
Inversão, sempre incomodada
Confiar na sua alteração
Seria uma deterioração.

Autor: Ricardo Andrade