Social Icons

terça-feira, 16 de julho de 2013

RELUTÂNCIA
















Faço de tudo para me empenhar
E não preciso que você saiba
Não há necessidade de esperar
Marcas do que se passou
Preferi deixar aqui dentro
No intuito de não te ferir
Sei que não sou o seu sonho
Mais serei uma parte dele
Com insistência completá-lo
Te mostrar o meu sacrário
O que eu tenho para oferecer
É o meu Sol para te aquecer
Quando precisar na noite esfriar
Inverti a tortura para a paz
Nessa ventania agitada que se faz
Ela teima em continuar a desafiar
De modo inativo e supérfluo
Por Amor combates desnecessáros
Um Amor que alimenta, sustenta
A ponte para continuar em você
Não é como qualquer amor
Onde tanto se vê como troca de favor
É o nosso Amor, resistente pleno
Em algum local celestial e perfeito.

Autor: Ricardo Andrade