Social Icons

sábado, 27 de julho de 2013

NOSSA TERNURA













Ao observar do alto deste monte
Deixo os pássaros me indicarem
No pôr-do-sol em magnitude
Aproveito e penso na sua atitude

Então o dia termina com reflexões
Pensamentos vem nas recordações
Unidas se fazem as nossas emoções
Lembranças batem nos dois corações

Finjo crer uma possibilidade
Sem generalizar, só discursar
As rochas estão bloqueando
Preciso traspassar para inteirar

Lá no infinito tenho você comigo
Mesmo longe, um vão libertino
Apropriado oportuno e benigno
Triunfante amor, que me deixa aluído.

Autor: Ricardo Andrade