Social Icons

sábado, 6 de julho de 2013

LUZ ESPLÊNDIDA















Em meio a tantas tempestades
Um anjo enviou-me uma luz
E quando abriu suas asas
A você me apresentou

Foi algo inesperado e inusitado
Sons de harpas tocaram
Bastou um simples olhar
Para em seu oceano mergulhar

Espero conseguir decodificar
Tal secreto que veio se apresentar
Pode ser um desafio proposto
Ou quem sabe só um desgosto

No início não nos reconhecemos
Por alguns instantes e momentos
Logo a conexão do Amor ativou
O Infinito se abriu, meu ser indagou

Quem é você, de onde veio?
Luz esplêndida tão magnífica
Igual a luz do Sol que brilha
Igual a luz da Lua que ilumina.

Autor: Ricardo Andrade