Social Icons

quinta-feira, 4 de julho de 2013

SURREAL

Na busca de toda a Grande Essência 
Prosseguir em frente, adiante
Diante das circunstâncias na senda
Fugindo do reflexo de um espelho quebrado
Sensações de algo quebrantado
Me deparando com limitações humanas
Encontradas, espalhadas na vastidão
Pulsa, meu pulsar em aspiração
Pauso por um momento, respirar
Retorno ao interno no Templo do Coração
Algo sutil, sugestiona, questiona
Silencio, deixo escutar um alto sussurrar
Algo suave como o toque do luar
Faz refletir no reflexo do imaginar
Abstrato sem forma, alcançar
Fazer enxergar, deixo brilhar
Do brilho na direção desse limiar
Onde o irreal se torna real
No degrau que se eleva, ser o Surreal.

Autor: Ricardo Andrade